Neste blog, mais imagens do que palavras...
A fotografia é uma paixão que não requer ser cultivada, tão somente alimentada, pelo que uma imagem vale mais do que mil palavras!

In this blog, more pictures than words ...
The photography is a passion that does not require to be cultivated, nourished solely by that one picture is worth a thousand words!

SOMOS VISTOS E PROCURADOS NO MUNDO INTEIRO - ESTES OS PAÍSES QUE VISITAM O BLOG!

Flag Counter

segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Douro Valley 👀



domingo, 11 de novembro de 2018

🌰 Em dia de São Martinho as castanhas pela cidade do Porto 🌰

Na Ribeira do Porto...
Capela das Almas na rua de Santa Catarina com a Fernandes Tomás...

Na rua de Santa Catarina...


São Martinho foi um cavaleiro, um monge e um santo. É capaz de trazer o verão ao outono e, graças a ele, todos os anos comemos castanhas.

Corria o ano de 337, no século IV, e um outono duro e frio assolava a Europa. Reza a lenda que um cavaleiro gaulês, chamado Martinho, tentava regressar a casa quando encontrou a meio do caminho, durante uma tempestade, um mendigo que lhe pediu uma esmola. O cavaleiro, que não tinha mais nada consigo, retirou das costas o manto que o aquecia, cortou-o ao meio com a espada, e deu-o ao mendigo. Nesse momento, a tempestade desapareceu e um sol radioso começou a brilhar.
O milagre ficou conhecido como "o verão de São Martinho". Desde então, por altura de novembro, o ríspido tempo de outono vai embora e o sol ilmunia-se no céu, como aconteceu quando o cavaleiro ofereceu o manto ao mendigo.
É por causa desta lenda que, todos os anos, festejamos o Dia de São Martinho a 11 de novembro. O famoso cavaleiro da história era um militar do exército romano que abandonou a guerra para se tornar num monge católico e fazer o bem.
São Martinho foi um dos principais religiosos a espalhar a fé cristã na Gália (a atual França) e tornou-se num dos santos mais populares da Europa! Diz-se que protege os alfaiates, os soldados e cavaleiros, os pedintes e os produtores de vinho!
Foi a 11 de novembro que São Martinho foi sepultado na cidade francesa de Tours, a sua terra natal, e é por esse motivo que a data foi a escolhida para celebrar o Dia de São Martinho. Além de Portugal, também outros países festejam este dia. Em França e Itália, à semelhança de Portugal, comem-se castanhas assadas. Já em Espanha, faz-se a matança de um porco, e na Alemanha acendem-se fogueiras e organizam-se procissões.
In visao.sapo.pt

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

IV Feira da Castanha e Produtos da Terra no interior português 🌰🥕🍄🍯



Decorreu a IV Feira da Castanha e Produtos da Terra em Avelanoso, concelho de Vimioso, no nordeste de Portugal.
Os sons, os saberes e os sabores do que de mais genuíno temos. Mais uma vez e para um maior realismo do evento, partilho um vídeo que foi obtido via telemóvel, assim como as fotos. Para verem basta clicar abaixo. Obrigado!

segunda-feira, 5 de novembro de 2018

😱 O poder da natureza...😲


😱Algures por Trás-os-Montes, perto de Loivos, este é o fenómeno que deixa todos de boca aberta! A árvore a comer a vaca... perdão, o sinal!

sexta-feira, 2 de novembro de 2018

🎃Noite das Bruxas em Vilar de Perdizes 🕸️🕷️ O Hallowween com o Padre Fontes👿👹

🧟‍♂️No último dia de outubro, a aldeia de Vilar de Perdizes, bem no norte de Portugal, encarna o verdadeiro espírito de Halloween e solta pelas ruas as bruxas que chegam de todo o país.
 🧛‍♂️A cada ano tem acorrido mais gente alguns pintados e mascarados com muito rigor. Grande parte da animação de rua, fica a cargo do grupo de teatro Filandorra que participa de forma grandiosa no evento.
 👿No final de tarde começa a notar-se o aumentar do movimento, sobretudo de pessoas que chegam para os jantares embruxados nos restaurantes aderentes, seguindo-se animação de rua e posteriormente um cortejo embruxado pelas ruas, propositadamente colocadas escuras, da aldeia.
🕸️🕷️Já perto da meia noite, decorre a Queimada com a presença do Sacerdote, Padre António Fontes, a principal atração e grande impulsionador do sucesso deste dia. Presença também do Deus Larouco e sua corte e, do bruxo espanhol Queiman que serve de auxilio ao Padre Fontes, motivado pela sua já débil saúde.
🧟‍♀️Segue-se a prova do produto final da Queimada que é distribuída à população para "esconjurar todos os males", no fundo um licor à base de aguardente, maçã e canela.
A aldeia fica bem junto a Espanha no norte de Portugal. É pequena e pacata, mas faz por bem receber e vive-se um dia diferente. Relativo aos restaurantes, o Larouco (telef. 276 536 351)que fica a cerca de 500 metros do centro, apresentou uma ementa com diversas entradas, sopa transmontana e dois pratos, Rancho e Porco Preto, seguido de sobremesas, café a animação. Tudo por 20€.
O Cabaço (telef. 276 536 136), bem no centro, disponibilizou entradas, sopa de legumes, e um misto de vitela assada e cordeiro, seguido de sobremesa e café, também pelo valor de 20€. 
O Paço (telf. 276 536 227), também ele no centro da aldeia, tem outro conceito. Paga-se o que se come. Existe sopa, diversas carnes grelhadas, sobremesas, mas que no fundo o valor por pessoa acabará ir dar ao mesmo dos outros.
No átrio da escola, onde está uma grande fogueira, existe também um grande balcão a céu aberto, onde é vendida comida feita no pote e febras assadas, por preços simbólicos. Tem é de se comer de pé.


🎃 Vejam o vídeo que preparei relativo a esta noite "embruxada" por terras do Larouco.🎃
🎃Cliquem abaixo e assistam.🎃

sábado, 27 de outubro de 2018

🕍 Mosteiro de Tibães, uma maravilhosa surpresa às portas de Braga que se aconselha! 🕍

O Mosteiro de Tibães é um dos edifícios mais antigos da cidade de Braga. A sua origem remonta ao final do longínquo séc. X e início do séc. XI. Ao longo do tempo, o mosteiro foi-se transformando e alcançou enorme notoriedade e poder quando, em 1110, recebeu a Carta de Couto – carta de doação da terra à Igreja – de D. Henrique e D.ª Teresa, pais do primeiro Rei de Portugal e sepultados na Sé de Braga.


Durante o século XVI tornou-se na “Casa Mãe” da congregação de São Bento em Portugal e no Brasil, sublinhando a importância do mosteiro a nível nacional.
No séc. XVII, o velho mosteiro românico dá lugar à construção de grande parte do complexo que hoje existe – igreja, portaria, recibo, dormitório, hospedaria, livraria, sala do capítulo e claustro do cemitério.

Mas a singularidade deste local enquanto peça fulcral para a cultura de Braga não se limita ao seu património edificado e história. O Mosteiro de Tibães funcionou como centro de formação de arquitetos, entalhadores, douradores, imaginários e escultores, muitos deles intervenientes ativos na construção dos edifícios erguidos no séc. XVII, homens respeitados pelo seu contributo extraordinário à Arte portuguesa.


Depois da extinção das ordens religiosas em 1834, o mosteiro fecha e o seu recheio e edifícios são vendidos em hasta pública. E este processo de degradação e ruína dura décadas.
Porém, o infortúnio a que foi sujeito termina em 1986, quando o Mosteiro de Tibães é adquirido pelo Estado Português, que rapidamente dá início ao projeto de restauração. Estes acontecimentos fazem do Mosteiro de Tibães uma obra genuína, marcada pelo tempo, e simultaneamente um símbolo de esperança, em virtude da recuperação que em tempos parecia perdida.
Local de entrada para obtenção do bilhete de entrada, informações e loja.
Galeria dos Abades Gerais
Hospedaria Monástica
Sala do Capítulo, um dos locais mais imponentes.

A realidade é que nos dias de hoje, visitar este Mosteiro, é fazer uma verdadeira viagem no tempo.
Os jardins envolventes, permitem que nos percamos ao encontro da história.



Informações úteis: MOSTEIRO DE TIBÃES, Rua do Mosteiro - 4700-565 Mire de Tibães, Braga +351 253 622 670 | +351 253 623 950 msmtibaes@culturanorte.pt | sec.msmt@culturanorte.pt Ver website oficial do Mosteiro de Tibães


Horário: Terça a domingo - Abril a Outubro: 10H00-19H00 - Novembro a Março: 10H00-18H00 (*) exceto: 1 de Janeiro, Dia de Páscoa, 1 de Maio, 24 de Junho e 25 de Dezembro

Bilhete normal: 4 € Estudantes/Cartão Jovem/A partir dos 65 anos: 2 € Gratuito no primeiro Domingo de cada mês 

Cerca Conventual: 1,50 € Gratuito no primeiro Domingo de cada mês para visitas individuais ou grupos até 12 pessoas, inclusive.

Fonte de alguma informação: webraga.pt
Termino esta publicação com uma verdadeira relíquia deste Mosteiro de Tibães, a majestosa Sacristia. Algumas imagens não estão no seu esplendor de qualidade devido a em alguns locais, sobretudo no exterior, haver à hora, uma condição de luminosidade desfavorável. Mas espero que tenham gostado, tanto quanto eu gostei ao visitar. Muitas outras fotos ficam por publicar, pois o lugar convida à fotografia.
E já sabem, ir, é o melhor remédio!






quarta-feira, 24 de outubro de 2018

⏰ Os relógios vão atrasar no próximo domingo para o horário de inverno ☃️️

É já na madrugada do dia 28 de outubro de 2018.
Quando forem 2 horas da manhã🕑, devem atrasar o relógio 60 minutos, para a 1 hora🕐
Atrasem a hora e cuidado com o friohá descida acentuada de temperatura.
*Os relógios vão atrasar. Mas o tempo não vai parar. Os relógios vão andar para trás. Mas a vida, essa, só pode andar para a frente. Atrasemos, pois, os relógios. Mas não nos atrasemos na vida! * Padre João A. Teixeira
Foto do relógio de uma das torres do Santuário de Nossa Senhora dos Remédios em Lamego, em 28 de fevereiro, dia em que ocorreu o fenómeno da chuva gelada.